Um Modelo Comportamental Para o Crescimento Pessoal

 

*Extraído de Alberti, R.E. e Emmons, M. I (1983) Comportamento Assertivo – Um Guia de Auto-Expressão. Belo Horizonte: Interlivros.

 

Crescente Abertura à Experiência

 

Qual foi a última vez que você:

  • Participou de um novo jogo ou esporte?
  • Mudou de idéia sobre um tema importante (político, pessoal ou profissional)?
  • Experimentou um novo hobby ou artesanato?
  • Fez um curso sobre uma nova área de interesse?
  • Estudou uma nova língua ou cultura?
  • Passou 15 minutos ou mais prestando atenção às sensações do seu corpo (relaxamento, tensão, sensualidade)?
  • Ouviu por 15 minutos ou mais, um ponto de vista religioso, político, profissional ou pessoal do qual você discorda?
  • Provou uma comida diferente, sentiu um cheiro novo ou ouviu um novo som?
  • Permitiu a si mesmo chorar, ou dizer “Você é muito importante para mim!”, ou rir até as lágrimas? Ou gritar, com a potência máxima de seus pulmões? Ou admitiu que teve medo?
  • Assistiu ao nascer ou ao pôr do sol? Ao voo de um pássaro ao sabor do vento? Ou ao desabrochar de uma flor?
  • Viajou para um lugar desconhecido?
  • Fez uma nova amizade? Ou cultivou uma velha amizade?
  • Passou uma hora ou mais realmente comunicando-se (ouvindo ativamente e respondendo com sinceridade) a uma pessoa de “background” cultural ou racial diferente do seu?
  • Fez uma “viagem fantástica”, permitindo à sua imaginação “voar”, por uma hora ou mais?

 

Uma Crescente Vivência Existencial

 

Qual foi a última vez que você:

  • Fez algo que teve vontade, no momento, sem pensar nas consequências?
  • Parou para “ouvir” o que se passava dentro de você?
  • Expressou espontaneamente um sentimento - raiva, alegria, medo, tristeza, carinho - sem “pensar nisso”?
  • Fez o que queria, no lugar que achava que “devia” fazer?
  • Se permitiu gastar tempo e dinheiro “na hora”, em vez de poupar para amanhã?
  • Comprou algo que queria impulsivamente?
  • Fez algo que ninguém (inclusive você) esperava que você fizesse?

 

Uma Crescente Confiança no Próprio Organismo

 

Qual foi a última vez que você:

  • Fez o que parecia certo a você, contra o conselho dos outros?
  • Se permitiu experimentar criativamente novas abordagens a velhos problemas?
  • Expressou uma opinião impopular assertivamente, na frente da oposição majoritária?
  • Usou seu próprio intelecto para descobrir a solução de um problema difícil?
  • Tomou uma decisão e trabalhou nela imediatamente?
  • Reconheceu, por suas próprias ações, que pode dirigir a própria vida?
  • Deu importância a si mesmo(a) a ponto de fazer um exame médico geral (no último ano)?
  • Contou aos outros sua filosofia de vida ou crença religiosa?
  • Assumiu uma posição de liderança em sua profissão ou em uma organização ou em sua comunidade?
  • Expressou seus sentimentos quando foi tratado(a) injustamente?
  • Arriscou-se a compartilhar seus sentimentos pessoais com outra pessoa?
  • Desenhou ou construiu algo você mesmo?
  • Admitiu que estava errado?